sicnot

Perfil

Economia

Investimento dos vistos gold recuou 17% em agosto

O investimento captado pelos vistos gold em agosto recuou 17% face ao mês anterior, para 50,8 milhões de euros, de acordo com os dados estatísticos divulgados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Entre janeiro e agosto, o investimento através das Autorizações de Residência para a atividade de Investimento (ARI) atingiu os 622.325.574,75 euros.

Em termos mensais, no mês de agosto foram captados 50.814.229,12 euros através dos vistos dourados, menos 17% do que em julho (61.552.086 euros). Em junho, o investimento angariado pelos vistos 'gold' tinha atingido os 98.893.760 euros.

Do total do investimento registado no mês passado, 46.613.827,1 euros resultou de ARI atribuídas mediante o requisito da compra de bens imóveis e 4.200.402,02 euros pela transferência de capital.

Em agosto foram atribuídos 80 vistos gold, dos quais 76 para a compra de imóveis e quatro por transferência de capital, segundo os dados do SEF.

Um ano depois da entrada das novas regras de atribuição deste tipo de vistos, apenas um foi concedido mediante os novos requisitos - reabilitação urbana -, o que aconteceu durante o mês de julho.

Em termos acumulados - desde que os vistos começaram a ser atribuídos, a 08 de outubro de 2012, até agosto último -, o investimento total captado com as ARI atingiu os 2.315.058.199,27 euros, dos quais 2.092.299.548,77 euros em aquisição de bens imóveis e 222.758.650,50 euros por transferência de capital.

Desde que os vistos gold entraram em vigor foram atribuídos 3.795 ARI: dois em 2012; 494 em 2013; 1.526 em 2014; 766 em 2015 e 1007 até agosto.

Em termos acumulados, desde a sua criação até final de julho, foram concedidos 3.585 vistos pelo requisito da aquisição de bens imóveis, 204 por transferência de capital, e seis pela criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho.

A China lidera a lista de ARI atribuídas (2.835 até agosto, seguida do Brasil (197), Rússia (133), África do Sul (124) e Líbano (60).

As novas regras para a obtenção de vistos gold, que alargam os critérios de investimento para cidadãos fora da União Europeia a áreas como reabilitação urbana e ciência, entre outros, entraram em vigor a 03 de setembro de 2015.

Até agosto, foram atribuídas 1.584 Autorizações de Residência a familiares reagrupados.

No ano passado, o investimento resultante dos vistos gold caiu para metade, face a 2014, para cerca de 466 milhões de euros.

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Manifestações na Venezuela fazem 29 mortos
    1:22
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • A nova mansão de Angelina Jolie

    Mundo

    A atriz Angelina Jolie terá comprado uma mansão que pertenceu ao realizador e produtor de cinema Cecil B. DeMille. A propriedade fica situada em Los Angeles, nos Estados Unidos, e terá sido vendida pelo valor de 23 milhões de euros.