sicnot

Perfil

Economia

Assembleia-geral do BPI aprova desblindagem dos estatutos

© Rafael Marchante / Reuters

Está aberto o caminho à Oferta Pública de Aquisição lançada pelo Caixabank.

Os acionistas do BPI aprovaram hoje a proposta de desblindagem dos estatutos do banco, pondo fim à limitação dos direitos de voto, o que condicionava o sucesso da OPA lançada pelo maior acionista, o CaixaBank.

A informação foi avançada aos jornalistas por alguns acionistas do BPI à saída da assembleia-geral, que começou cerca das 10:30 na Fundação de Serralves, no Porto, e terminou menos de uma hora depois.

O Caixabank já é dono de 45% do BPI.

Isabel dos Santos, que detém cerca de 20% do banco através da Santoro, estava a bloquear o negócio, mas na reunião de acionistas desta manhã terá decidido abster-se na votação. Poderá ter sido determinante a proposta da administração do BPI, que ontem revelou que propôs vender 2% do Banco de Fomento de Angola à Unitel, de Isabel dos Santos, que fica assim com o controlo da instituição angolana.

Com Lusa

  • Nunca mais
    9:16