sicnot

Perfil

Economia

Fed mantém taxas de juro e revê em baixa previsão de crescimento

A Reserva Federal (Fed), banco central dos Estados Unidos, anunciou esta quarta-feira que decidiu deixar as suas taxas de juro inalteradas e reviu em baixa a previsão de crescimento para 2016 fixando-a em 1,8%.

Segundo um comunicado divulgado após uma reunião que começou na quarta-feira, a Fed indicou que, apesar de deixar as taxas de juro inalteradas (entre 0,25% e 0,50%), considera que os argumentos para uma subida "se reforçaram".

Três membros do comité de política monetária votaram contra esta decisão e defenderam que a subida devia ser já. A maioria dos membros prevê, no entanto, uma subida de 0,25 pontos percentuais até ao fim do ano.

Há três meses, as previsões do banco central norte-americano apontavam para um crescimento de 2% em 2016 e em 2017, mas para este ano a Fed passou agora a previsão para 1,8%, mantendo a de 2017.

O banco central norte-americano também se mostrou ligeiramente mais pessimista quanto ao emprego e previu que a taxa de desemprego nos Estados Unidos fique em 4,8% este ano, quando em junho previra 4,7%. Atualmente a taxa de desemprego nos Estados Unidos está em 4,9%.

A Fed continua a prever que o desemprego desça para 4,6% no próximo ano.

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27