sicnot

Perfil

Economia

Nova fuga de informação sobre offshores identifica 28 portugueses

Uma nova fuga de informação sobre offshores, desta vez nas Bahamas, identificou o nome de 28 portugueses. Entre eles estão Micael Gulbenkian, sobrinho-neto do fundador da Fundação Gulbenkian, e Pedro Morais Leitão, administrador da Oi.

Da lista fazem ainda parte empresários e administradores de bancos mas há não políticos. A notícia está a ser avançada pela edição online do jornal Expresso.

A fuga de informação diz respeito a todas as companhias registadas nas Bahamas, entre 1990 e 2016, e foi obtida pelo jornal alemão Süddeutsche Zeitung que posteriormente partilhou com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação e com os parceiros de media do consórcio, incluindo o Expresso.

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17