sicnot

Perfil

Economia

Governo cria regime transitório para entrega de tributação conjunta do IRS 2015

O Conselho de Ministros aprovou hoje um regime transitório para declarações de IRS relativas a 2015, prevendo que a sua apresentação, pela opção de tributação conjunta, possa ser feita fora dos prazos previstos pelo código de IRS.

A aprovação desta proposta de lei em Conselho de Ministros foi transmitida à agência Lusa por fonte oficial do Governo.

De acordo com a mesma fonte, este regime transitório agora aprovado aplica-se a todos os sujeitos passivos que, relativamente ao ano de 2015, pretendam ser tributados pelo regime da tributação conjunta, ainda que tenham exercido essa opção fora do prazo legal, ou ainda não tenham exercido a opção.

Segundo o Governo, na sequência da reforma do IRS de 2014, do anterior executivo PSD/CDS, foi impedida a opção pela tributação conjunta quando a declaração de rendimentos fosse entregue fora do prazo.

Ora, o atual Governo entende que, "apesar do esforço de divulgação das novas regras pela Autoridade Tributária, muitos contribuintes não conheciam a referida regra, tendo sido confrontados com diferenças significativas na liquidação do imposto".

"O Governo já manifestou publicamente a sua intenção de revogar, para o futuro, a referida regra", acrescenta o mesmo elemento do executivo.

A proposta de lei prevê ainda que, em virtude da apresentação desta nova declaração conjunta, não seja aplicada qualquer nova coima aos sujeitos passivos a quem já tenha sido aplicada uma coima por apresentação de declaração de rendimentos fora de prazo.

Por outro lado, os sujeitos passivos que pretendam entregar uma declaração conjunta podem requerer a suspensão de quaisquer processos executivos que tenham sido instaurados pelo não pagamento atempado do IRS de 2015 liquidado em tributação separada, sem necessidade de apresentação de qualquer garantia.

Lusa

  • Regime transitório permite entrega de declaração de IRS conjunta

    Economia

    A partir do próximo ano, os contribuintes que queiram entregar as declarações de IRS em conjunto mas que se atrasem na entrega, podem submetê-la na mesma. O governo vai acabar com a norma que estabelece que estes contribuintes estavam impedidos de o fazer em conjunto quando houvesse atraso. Para aqueles que foram prejudicados este ano por causa desta situação, vai ser criado um regime transitório.

  • Mãe que ficou sem os sete filhos em 2012 recuperou as crianças

    País

    O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado português pela decisão aplicada a Liliana Melo em 2012. A mulher ficou sem os sete filhos por ordem do Tribunal de Sintra. As crianças voltam agora para a mãe, depois de terem estado em diferentes instituições.

  • Vizinhos viram pessoas a dormir na varanda da casa onde estavam sete escravizados

    País

    A Polícia Judiciária e a GNR libertaram sete búlgaros que estavam a ser escravizados em explorações agrícolas do distrito de Bragança. O suspeito dos crimes de tráfico de pessoas, sequestro e escravidão também é búlgaro. O homem foi detido na Bulgária, mas está em prisão preventiva em Portugal. Testemunhas dizem que chegaram a ver várias pessoas a dormir na varanda.

  • Turista britânica desaparecida na Madeira

    País

    A Polícia de Segurança Pública (PSP) na Madeira e os Bombeiros Municipais do Funchal (BMF) estiveram envolvidos esta terça-feira numa operação para encontrar uma estrangeira que foi dada como desaparecida quando fazia um percurso pedestre na zona do Funchal.

  • Primeiro-ministro chinês em "escala técnica" nos Açores

    País

    O primeiro-ministro chinês fez uma paragem de dois dias nos Açores, considerada uma escala técnica pelo Governo da China. Esta é a quarta visita de um responsável chinês, depois de anunciada a redução da presença norte-americana nas Lajes.

  • Bruno de Carvalho critica a contabilidade do Benfica
  • Casal perde relógio na Tailândia e descobre roubo ao ver fotografia

    Mundo

    Uma turista posa ao lado de duas meninas que envergam roupas coloridas, tradicionais da Tailândia, à porta do museu Wat Phra That Doi Suthep, em Chiang Mai. Uma imagem que poderia ser uma boa recordação das férias, mas que acabou por ser reveladora: o casal de turistas acabou por descobrir, ao ver a fotografia, que o relógio desaparecido tinha sido, afinal, roubado.

  • Lago na China torna-se vermelho

    Mundo

    Um lago separado por uma estrada em Yuncheng na China ficou com duas cores diferentes. De um lado da estrada o lago apresenta a sua cor normal, mas do outro vê-se o vermelho. Segundo especialistas, o fenómeno foi causado por algas que afetaram a cor da água, tornando-a vermelha.

  • Nasceu um bebé com três pais

    Mundo

    É um rapaz o primeiro bebé que nasceu com recurso a uma nova técnica que junta genes de três pessoas. Tem o ADN normal do pai e da mãe, juntamente com uma parte do código genético de um doador.

  • Google já é maior de idade

    Mundo

    O Google já é maior de idade. Aos 18 anos o motor de busca funciona em 88 línguas diferentes e é um dos "websites" mais visitado de toda a internet e em todo o mundo.