sicnot

Perfil

Economia

"Não podemos ter um Estado muito pesado e dispendioso"

"Não podemos ter um Estado muito pesado e dispendioso"

O Presidente da República diz que as mudanças em Portugal têm de passar por uma reforma do Estado. Num almoço perante investidores em Nova Iorque, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que a Constituição e a legislação já foram alteradas no passado e que o realismo político pode ser mais forte do que a ideologia.

  • Marcelo garante que Portugal cumprirá défice de 2,5% para este ano
    0:32

    Economia

    O Presidente da República garantiu esta quinta-feira que Portugal vai cumprir os 2,5% do défice das contas públicas, previstos para este ano. Durante um almoço em Nova Iorque, perante investidores norte-americanos, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que o país tem compromissos assumidos que tem de respeitar.

  • "Nós não vos esquecemos"
    2:21

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve com a comunidade portuguesa e luso-descendente de Newark, nos Estados Unidos. O Presidente da Republica quis agradecer e prestar uma homenagem. Lembrou os seus netos, que estão no Brasil, para sublinhar que não há família portuguesa que não tenha alguém próximo a viver fora de Portugal.

  • Marcelo encontra-se com Michelle e Barack Obama em Nova Iorque

    País

    O Presidente da República encontrou-se na terça-feira com o casal Obama, num hotel em Nova Iorque. Depois da Assembleia-geral das Nações Unidas e da Cimeira para os refugiados, Marcelo Rebelo de Sousa conversou com Michelle e Barack Obama. Uma conversa na qual o Presidente dos Estados Unidos falou sobre os portugueses na Casa Branca.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC