sicnot

Perfil

Economia

Tribunal de Contas autoriza compra de blindados

O Tribunal de Contas autorizou a compra de 167 viaturas táticas ligeiras para o Exército, num investimento de cerca de 60 milhões de euros, e cuja aquisição decorrerá através da agência de compras da NATO (NSPA).

O Tribunal de Contas deu visto prévio favorável ao procedimento internacional de aquisição dos blindados ligeiros 4x4, que decorrerá através dos serviços da NSPA (NATO Support Procurement Agency), a agência de compras da NATO.

Em declarações à Agência Lusa, o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, disse que é a primeira vez que o ministério recorre à NSPA para compras de equipamento em "montantes desta natureza".

Para Azeredo Lopes, o recurso aos serviços da NSPA, que custam "entre 2 a 3%" do valor do contrato, de forma faseada, garante a segurança técnica necessária para a aquisição de equipamentos de grande complexidade.

O investimento, no valor de 60.800 mil euros, decorrerá de forma gradual até 2020, a financiar através das verbas inscritas na Lei de Programação Militar.

A compra daquele tipo de viaturas era reclamada há vários anos por parte do Exército, visando a modernização dos equipamentos daquele ramo das Forças Armadas.

No despacho que autorizou a compra, de 28 de julho, o ministro Azeredo Lopes afirmou que o investimento contribui "para uma melhoria significativa da mobilidade tática terrestre e de proteção da força, imprescindível à diferente tipologia de cenários e missões operacionais atribuídas ao Exército, em particular às Forças Nacionais Destacadas".

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.