sicnot

Perfil

Economia

Taxistas prometem subir tom dos protestos

Taxistas prometem subir tom dos protestos

Contra a proposta de regulamentação da Uber e da Cabify, a ANTRAL diz que o Governo pretende desmobilizar o protesto dos taxistas. Também a Federação Portuguesa do Táxi acredita que a polémica só veio dar força a manifestação marcada para dia 10 de outubro.

  • As novas regras para a Uber e a Cabify
    2:06

    Economia

    O Governo prepara-se para legalizar a atividade da Uber e da Cabify em Portugal. A lista de regras está pronta. As duas empresas não vão ter acesso a vantagens fiscais, os veículos vão ser impedidos de utilizar a faixa bus, praças fixas e de passar faturas em papel.

  • PCP não acompanha Governo na legalização da Uber
    0:34

    Economia

    O PCP não acompanha o Governo na intenção de legalizar a Uber. O deputado Bruno Dias critica o Executivo por fazer uma lei à medida para uma empresa. Esta semana, os comunistas vão levar à discussão parlamentar propostas sobre esta matéria.

  • Taxistas vão pedir indemnização de 6M€ à Uber

    Economia

    A Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) vai pedir seis milhões de euros de indemnização por prejuízos num processo contra a plataforma de transporte privado Uber, revelou hoje o presidente, Florêncio Almeida.

  • Governo está a cumprir com o que defende, diz Cabify

    Economia

    O diretor-geral da Cabify Portugal considera que as notícias hoje publicadas acerca da legalização das novas plataformas de mobilidade mostram que o Governo está a cumprir o que defende e mostrou-se disponível para colaborar na elaboração do diploma legal.

  • As diferenças entre o táxi e o Uber
    3:04

    País

    O clima é de tensão entre taxistas e motoristas da Uber dura há vários meses. Na noite passada a SIC viajou com a Uber e de táxi por Lisboa. Ouviu as queixas e os receios de ambas as partes.

  • Rui Patrício confirmado no Wolverhampton

    Desporto

    O Wolverhampton anunciou esta segunda-feira a contratação do guarda-redes Rui Patrício, depois da rescisão com o Sporting. O guarda-redes da seleção nacional assinou contrato com o clube inglês por quatro épocas.

    SIC

  • Novo treinador do Sporting diz que mulheres não estão preparadas para falar de futebol
    1:23
  • Salto de Cristiano Ronaldo inspira dança afro-beat

    Desporto

    Uma música humorística afro-beat, publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França.

  • Ronaldo no País dos Sovietes: As religiões praticadas na Rússia
    1:55
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.

  • Pai de Meghan Markle lamenta ser "nota de rodapé" no casamento real
    2:03
  • Quando as crianças fazem das suas... os pais é que pagam

    Mundo

    Quando as crianças fazem das suas, restam os pais para as castigar ou, em alguns casos, para sofrer as consequências desses atos. Quem o pode dizer é um casal norte-americano, que recebeu uma fatura de 132 mil dólares (cerca de 114 mil euros), depois de o filho ter derrubado uma estátua num centro comunitário.

    SIC