sicnot

Perfil

Economia

Portugal desce oito lugares na competitividade

Portugal desceu este ano oito lugares, de 38º para 46º, no ranking mundial da competitividade do World Economic Forum, relativamente a 2015. De acordo com dados do Relatório Global de Competitividade (2016-2017) do World Economic Forum, que será divulgado na quarta-feira, Portugal passou para o 46.º lugar do ranking da competitividade, num universo de 138 países.

As taxas e os impostos são apontados no documento como o fator mais problemático (18%) para os negócios e são também a primeira preocupação manifestada pelos empresários.

A burocracia mantém-se no 2º lugar e em 3.º está a preocupação dos empresários sobre a instabilidade política no país.

A preocupação com a regulamentação laboral mantem-se como 4ª preocupação, os regulamentos fiscais mantém-se como 5ª e as condições de acesso ao financiamento são o 6.º fator mais problemático para os empresários.

O Relatório Global de Competitividade (2016-2017) do World Economic Forum vai ser apresentado quarta-feira em Lisboa pela PROFORUM, Associação para o Desenvolvimento da Engenharia, e pelo FAE, Forum de Administradores e Gestores de Empresas, numa sessão pública na AESE Business School.

A PROFORUM, a FAE e a AESE realizam em Portugal o Inquérito de Opinião dos Empresários para o WEF - World Economic Forum.

Lusa

  • Hugo Soares combinou reunião com Rio para "quando houver ocasião"
    0:33

    País

    O líder parlamentar do PSD garantiu hoje que vai falar com Rui Rio sobre a sua continuidade no cargo. Hugo Soares quebrou o silêncio sobre o assunto para dizer apenas que falou logo no sábado com o novo líder dos sociais-democratas, para o felicitar pela vitória.

  • Vizinhos chocados com casal que mantinha 13 filhos "presos em casa, acorrentados às camas"
    3:01

    Mundo

    Um casal foi detido na Califórnia acusado de tortura e maus tratos a 13 filhos que mantinham acorrentados e em cativeiro. Depois do alerta de uma das filhas, que conseguiu fugir, a polícia encontrou um cenário de horror com crianças acorrentadas e desnutridas. Os vizinhos desconheciam a situação e estão alarmados com o caso. Alguns confessam até que desconheciam que naquela casa vivesse um casal com 13 filhos.