sicnot

Perfil

Economia

Lagarde afirma que o crescimento mundial continua fraco e ameaçado por protecionismo

O crescimento mundial continua "muito fraco" e desigual, havendo ainda o risco de um regresso ao protecionismo, "uma receita económica do passado" que fracassou, afirmou esta quarta-feira Christine Lagarde, diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Restringir o comércio e limitar a abertura económica vai levar certamente a um agravamento das perspetivas do crescimento mundial, nomeadamente para os mais vulneráveis", declarou a diretora-geral do FMI, numa altura em que o protecionismo ganha terreno na Europa e nos Estados Unidos.

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, tem defendido um restabelecimento das barreiras comerciais e a decisão britânica de deixar a União Europeia também suscita receios de um isolamento económico.

"Se voltarmos as costas ao comércio, vamos sufocar um dos principais motores do crescimento num momento em que a economia mundial precisa de dados positivos", afirmou Lagarde, numa intervenção em Chicago, a uma semana da abertura da reunião anual FMI-Banco Mundial.

Lagarde afirmou que os ganhos do comércio e da globalização devem ser partilhados de forma diferente. "Continuamos a ser confrontados desde há muito tempo com um crescimento mundial muito fraco e que favorece muito poucas pessoas", apontou.

Segundo a diretora-geral do FMI, os trabalhadores afetados pela globalização devem ser ajudados e o crescimento deve ser "repensado" para travar a "subida das desigualdades", particularmente nos países ricos.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41