sicnot

Perfil

Economia

Lagarde afirma que o crescimento mundial continua fraco e ameaçado por protecionismo

O crescimento mundial continua "muito fraco" e desigual, havendo ainda o risco de um regresso ao protecionismo, "uma receita económica do passado" que fracassou, afirmou esta quarta-feira Christine Lagarde, diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Restringir o comércio e limitar a abertura económica vai levar certamente a um agravamento das perspetivas do crescimento mundial, nomeadamente para os mais vulneráveis", declarou a diretora-geral do FMI, numa altura em que o protecionismo ganha terreno na Europa e nos Estados Unidos.

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, tem defendido um restabelecimento das barreiras comerciais e a decisão britânica de deixar a União Europeia também suscita receios de um isolamento económico.

"Se voltarmos as costas ao comércio, vamos sufocar um dos principais motores do crescimento num momento em que a economia mundial precisa de dados positivos", afirmou Lagarde, numa intervenção em Chicago, a uma semana da abertura da reunião anual FMI-Banco Mundial.

Lagarde afirmou que os ganhos do comércio e da globalização devem ser partilhados de forma diferente. "Continuamos a ser confrontados desde há muito tempo com um crescimento mundial muito fraco e que favorece muito poucas pessoas", apontou.

Segundo a diretora-geral do FMI, os trabalhadores afetados pela globalização devem ser ajudados e o crescimento deve ser "repensado" para travar a "subida das desigualdades", particularmente nos países ricos.

Lusa

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".