sicnot

Perfil

Economia

Funcionários públicos recuperam salário completo a partir de hoje

Os trabalhadores do setor público recuperam a partir de hoje o salário completo, com o fim do processo de reversão dos cortes aplicados em 2011, recebendo no final do mês a remuneração que recebiam em 2009.

Com a reposição este mês dos 30% que faltavam para completar o processo, o Governo cumpre a promessa prevista no seu programa eleitoral e no Orçamento do Estado para este ano.

De acordo com estimativas do Governo, a reposição salarial dos funcionários públicos e dos trabalhadores do Setor Empresarial do Estado corresponde a 0,24% do PIB deste ano, tendo em consideração o "ajustamento verificado entre a saída e entrada de trabalhadores".

Os funcionários públicos têm a sua remuneração reduzida desde 2011, pela aplicação de cortes progressivos entre os 3,5% e os 10% aos salários acima dos 1.500 euros.

Em 2015, o governo PSD/CDS-PP repôs 20% da totalidade desses cortes salariais e desde janeiro deste ano o executivo socialista tem vindo a repor trimestralmente os restantes 80%.

A reposição salarial foi nos últimos anos a principal reivindicação das estruturas sindicais da função pública, que agora defendem o aumento dos salários para compensar o poder de compra perdido desde 2009, ano em que tiveram pela última vez aumentos remuneratórios.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.