sicnot

Perfil

Economia

Dívida pública aumenta para 243,3 mil M€ em agosto

A dívida pública portuguesa aumentou 2,5 mil milhões de euros em agosto, relativamente ao final de julho, para 243,3 mil milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

Em agosto de 2015, a dívida pública situava-se nos 229,3 mil milhões de euros.

O BdP refere que o crescimento da dívida reflete emissões líquidas positivas de títulos (2,6 mil milhões de euros), com destaque para a emissão de Bilhetes do Tesouro (1,6 mil milhões de euros) e para a segunda emissão de Obrigações do Tesouro de rendimento variável (1,2 mil milhões de euros).

"O crescimento da dívida pública foi acompanhado por um aumento mais acentuado dos ativos em depósitos (3,2 mil milhões de euros), pelo que a dívida pública líquida de depósitos da Administração Central registou uma diminuição de 0,7 mil milhões de euros face ao mês anterior, totalizando 223,6 mil milhões de euros", acrescenta.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.