sicnot

Perfil

Economia

IGCP prevê fazer um a dois leilões de Obrigações do Tesouro até ao final do ano

O IGCP anunciou esta segunda-feira que prevê realizar no quarto trimestre deste ano um a dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT), sendo esperadas colocações de 750 a 1.000 milhões de euros por operação.

O IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública divulgou esta segunda-feira em comunicado as Linhas de Atuação para o quarto trimestre, durante o qual "prevê a realização de um a dois leilões de OT, sendo esperadas colocações de 750 a 1.000 milhões de euros por leilão".

Os leilões terão a participação dos Operadores Especializados de Valores do Tesouro e Operadores de Mercado Primário e poderão ser realizados na segunda, quarta ou quinta quarta-feira de cada mês, após anúncio do montante indicativo e linhas de OT a reabrir até três dias úteis antes da respetiva data de leilão, explica o IGCP.

No que respeita aos Bilhetes do Tesouro (BT), a 19 de outubro está prevista a reabertura de uma linha a três meses e de outra a 11 meses, com um montante indicativo entre 750 e 1.000 milhões de euros.

Para 16 de novembro está prevista a reabertura de uma linha a seis meses, bem como o lançamento de uma linha de BT a 12 meses, sendo o montante indicativo entre os 1.500 e 1.750 milhões de euros.

Em dezembro, para o dia 7, estão previstas as reaberturas de uma linha a três meses e de outra a 11 meses, com um montante indicativo entre 750 e 1.000 milhões de euros.

O IGCP afirma ainda que "acompanhará ativamente a evolução das condições de mercado, podendo introduzir ajustamentos às presentes linhas de atuação".

Lusa

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.