sicnot

Perfil

Economia

Banco de Portugal acredita nos 2,5%

O Banco de Portugal admite que a meta de 2,5% de défice, exigida por Bruxelas para este ano, pode mesmo ser atingida. Ainda assim, a instituição deixa avisos ao Governo.

A instituição alerta que há riscos na execução orçamental, principalmente porque a receita do Estado com impostos está muito abaixo do previsto.

No boletim económico de Outubro, divulgado há minutos, o Banco de Portugal corrigiu as previsões para o crescimento da economia este ano. Estima agora que cresça apenas 1,1%, ao contrário dos 1,3% avançados em junho.

O supervisor justifica esta revisão com a queda no investimento, na primeira metade do ano.

O Banco de Portugal estima também que o emprego vai crescer 1% este ano e que a taxa de desemprego vai ficar nos 11,2%.

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.