sicnot

Perfil

Economia

Vindimas da Guarda preocupadas com novo imposto sobre o vinho

Vindimas da Guarda preocupadas com novo imposto sobre o vinho

A comissão vitivinícola da Beira interior está indignada com a hipótese do governo taxar o vinho com mais um imposto. Com quebras na produção entre os 15 e 20%, a estrutura que certifica o vinho da região diz que tributar mais pode determinar o fim dos pequenos produtores.

  • Governo pondera aumento no imposto sobre o vinho
    1:53

    Economia

    O Governo está a estudar um aumento no imposto sobre o vinho, tal como já acontece com a cerveja. Esta subida pode ser a solução para conseguir receita fiscal que compense o fim da sobretaxa de IRS e a diminuição do IVA na restauração.

  • Imposto sobre o vinho levanta polémica
    1:12

    Economia

    O Governo está a estudar a criação de um imposto sobre o vinho. A medida ainda não foi oficialmente anunciada, mas já está a levantar polémica. Se avançar, as associações do setor dizem que o imposto vai penalizar os pequenos produtores e levar a um aumento dos preços.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38