sicnot

Perfil

Economia

Administração do BPI considera OPA do CaixaBank "oportuna" e "amigável"

O Conselho de Administração do BPI considera que a Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pelo espanhol CaixaBank é "oportuna", na medida em que "pode reforçar a capacidade" do banco para enfrentar os desafios e oportunidades do setor.

"O Conselho de Administração entende que a Oferta do CaixaBank é oportuna, na medida em que pode reforçar a capacidade do BPI para enfrentar os desafios e oportunidades que se colocam ao setor bancário, designadamente a pressão significativa sobre as fontes de receitas, crescentes exigências de capital, aumento dos custos regulatórios, transformação digital e consolidação", lê-se no relatório do Conselho de Administração divulgado esta quinta-feira.

No documento, divulgado através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Conselho de Administração considera a oferta "amigável, por provir de uma instituição financeira de grande credibilidade, que é acionista do BPI desde 1995", e avalia a consolidação do BPI no CaixaBank como "potencialmente positiva".

Esta consolidação poderá contribuir, segundo o Conselho de Administração, para "o BPI manter o seu estatuto como entidade independente", as suas parcerias de banca/seguros com o Grupo Allianz e os "princípios que tem seguido na sua política de recursos humanos".

O Conselho de Administração afirma também que, "no momento atual, a determinação de um preço para o BPI é particularmente difícil, tendo em conta alguns fatores que não tem possibilidade de quantificar".

Em 21 de setembro, o CaixaBank lançou uma nova OPA sobre a totalidade do capital do BPI, oferecendo 1,134 euros por cada ação.

Lusa

  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.