sicnot

Perfil

Economia

PAN quer que a partir de 2030 só se possam vender carros elétricos em Portugal

© Lusa

O deputado do PAN, André Silva, desafiou hoje o Governo a fixar como meta que a partir de 2030 apenas podem ser comercializados veículos elétricos em Portugal, um objetivo que considerou "ambicioso mas inevitável".

No debate quinzenal, no parlamento, André Silva defendeu que o Estado tem de ser "o farol da mobilidade elétrica" e anunciou que, no âmbito da discussão do Orçamento do Estado na especialidade, o PAN vai propor metas para a renovação gradual de todas as frotas públicas, quer de ligeiros quer de pesados, para veículos elétricos.

Na resposta, o primeiro-ministro, António Costa, referiu que Portugal tem "historicamente um compromisso com a mobilidade elétrica" e disse que o governo tem o objetivo de ter 1300 veículos elétricos no conjunto da frota pública, 180 dos quais já no próximo ano.

Para além disso, acrescentou, os cadernos de encargos para a aquisição das frotas de autocarros das empresas públicas "terão em devida conta a promoção da mobilidade elétrica".

André Silva levou ainda ao debate uma questão sobre o alegado recurso excessivo à Ritalina, um medicamento que é receitado para o transtorno de défice de atenção e hiperatividade.

O deputado do PAN afirmou que "em Portugal as crianças até aos 14 anos estarão a consumir mais de 5 milhões de doses de Ritalina", um "negócio que gerou 7,5 milhões de euros em 2013", e exigiu "respostas urgentes".

Sobre este tema, António Costa disse que o objetivo do Governo é completar a rede de cuidados primários de saúde com mais médicos de família e a diversificação de valências, entre as quais a saúde oral e a saúde mental, incluindo "maior assistência pedopsiquiátrica".

Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.