sicnot

Perfil

Economia

China terá 5 mil comboios a viajar entre o país e a Europa em 2020

Reuters

Cerca de 5 mil comboios de mercadorias deverão viajar anualmente entre a China e a Europa, em 2020, segundo um plano anunciado hoje pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, o principal organismo de planeamento económico da China.

Trata-se de três rotas - leste, centro e oeste -, que permitirão ligar não só o país asiático e a Europa, mas também o leste e o sudeste da Ásia, revelou o organismo, citado pela agência oficial Xinhua.

Segundo a agência chinesa, a procura pelo transporte ferroviário entre a Europa e a China tem "explodido nos últimos anos", servindo de alternativa à "morosidade e riscos inerentes ao transporte marítimo", e ao "alto custo do transporte aéreo".

Cerca de 43 plataformas de transporte serão criadas ao longo das três rotas, refere o mesmo plano, que inclui ainda a construção de 43 linhas ferroviárias.

O desenvolvimento de ligações ferroviárias, incluindo uma malha de Alta Velocidade, faz parte da iniciativa "Uma Faixa e Uma Rota".

Com esta iniciativa, lançada em 2013 pelo Presidente chinês, Xi Jinping, Pequim propõe um plano de infraestruturas que pretende reativar a antiga Rota da Seda entre a China e a Europa através da Ásia Central, África e sudeste Asiático.

Segundo o Governo chinês, este plano abrangerá 65 países e 4,4 mil milhões de pessoas, cerca de 60% da população mundial.

No primeiro semestre deste ano, 1.881 comboios viajaram entre a China e a Europa, de acordo com a Xinhua.

A União Europeia é o maior parceiro comercial da China e, em 2015, o comércio bilateral fixou-se em 3,51 biliões de dólares (3,18 biliões de euros).

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.