sicnot

Perfil

Economia

Pesca da sardinha só é permitida até 150 quilos a partir de quarta-feira

© Antara Photo Agency / Reuters

A partir de quarta-feira, a pesca da sardinha só é autorizada de forma acessória, não podendo exceder 5% do total do pescado capturado, até ao máximo de 150 quilogramas (Kg) por dia.

A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos emitiu hoje um despacho que altera as condições da pesca da sardinha.

"A partir das 00:00 do dia 19 de outubro, a captura de sardinha apenas é autorizada a título acessório, não podendo exceder 5% do total do pescado capturado e mantido a bordo, até um máximo de 150 Kg por maré e por dia".

Assim, frota de cerco vai suspender a pesca da sardinha a partir de quarta-feira, mas espera poder aumentar a quota para mais três a quatro mil toneladas a partir de 2017, atendendo à "boa recuperação" do recurso.

A expectativa é, "no mínimo", mais três a quatro mil toneladas de sardinha para os pescadores portugueses, embora para o setor "o ideal" fosse ir até às 20 mil toneladas, disse à agência Lusa Humberto Jorge, presidente da Associação das Organizações de Produtores da Pesca do Cerco (uma arte de pesca dirigida a espécies como a sardinha, o carapau ou a cavala).

A quota de sardinha ibérica, gerida em conjunto por Portugal e por Espanha, fixou-se este ano nas 17 mil toneladas, cabendo a Portugal cerca de dois terços do total, ou seja, aproximadamente 11.500 toneladas, um valor inferior às 13.500 toneladas atribuídas em 2015.

Fonte do ministério do Mar disse à Lusa que vão ser adotadas medidas de apoio socioeconómico, com financiamento do programa comunitário MAR2020, "contemplando uma paragem da frota de cerco nos meses de novembro e dezembro", mas não se pronunciou sobre a possibilidade de aumento da pesca da sardinha em 2017.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.