sicnot

Perfil

Economia

Governo espanhol deverá aumentar impostos sob refrigerantes, álcool e tabaco

© Susana Vera / Reuters

O Governo espanhol vai aprovar ainda esta semana um aumento de impostos sobre os refrigerantes, o álcool e o tabaco. O conselho de ministros deve também definir um teto máximo de mil euros, para os pagamentos feitos em dinheiro para combater a evasão fiscal.

Ainda assim, e ao contrário do que foi anunciado, o Executivo não deve aumentar o IRS nem o IVA mas deverá reduzir os benefícios de IRC para as grandes empresas.

O Governo quer responder desta forma às exigências da Comissão Europeia para que Madrid cumpra as metas do défice. Bruxelas pediu um esforço adicional de mais de 5 mil milhões de euros a Espanha, cerca de 0,5% do PIB espanhol.

  • Suspeito de atropelamento mortal na Luz confessou que esteve no local
    0:45
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor