sicnot

Perfil

Economia

INE revê em alta taxa de desemprego de setembro para 10,9% e estima 10,8% para outubro

A taxa de desemprego situou-se em outubro nos 10,8%, segundo a estimativa provisória divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que reviu em alta os valores de setembro para 10,9%, face à estimativa inicial de 10,8%.

Última atualização às 11:54

A estimativa provisória da população desempregada em outubro foi de 553,7 mil pessoas e a da população empregada foi de 4,570 milhões de pessoas.

Quanto a setembro, a estimativa definitiva da taxa de desemprego foi de 10,9%, mantendo-se inalterada face ao mês anterior e tendo diminuído 0,1 pontos percentuais face a três meses antes.

A população desempregada situou-se em 558,2 mil pessoas, tendo diminuído 0,3% em relação ao mês precedente (menos 1,6 mil pessoas).

A estimativa definitiva da população empregada de setembro foi de 4,568 milhões de pessoas, o que representa uma diminuição de 0,1% face ao mês anterior (5,1 mil pessoas).

Segundo o INE, a taxa de desemprego das mulheres (10,9%) foi superior à dos homens (10,7%), tendo ambas diminuído 0,1 pontos percentuais face a setembro.

A taxa de desemprego dos jovens situou-se em 28,9% (mais 0,3 pontos percentuais face a setembro, enquanto a dos adultos foi de 9,4% (diminuindo 0,1 pontos percentuais face ao mês precedente).

O aumento mensal observado na taxa de desemprego de outubro resultou, segundo o instituto, do aumento da população desempregada (1,3% ou o equivalente a 6,9 mil pessoas) e do decréscimo da população empregada (0,4% ou o equivalente a 18,9 mil pessoas).

Em outubro de 2015, a taxa de desemprego tinha sido de 12,4%.

Para a redução homóloga, contribuiu a diminuição da população desempregada (12,2% ou o equivalente a 77,1 mil pessoas) e o acréscimo da população empregada (2% ou o equivalente a 90,7 mil pessoas), refere o INE.

Com Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.