sicnot

Perfil

Economia

Desemprego espanhol sobe em novembro mas desce em termos anuais

Face há um ano, a taxa de desemprego baixou em 22 Estados-membros e aumentou em 6, sendo um dos recuos mais importantes o de Espanha, de 24,9% para 22,7% (Reuters/ Arquivo)

© Andrea Comas / Reuters

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos espanhóis aumentou em novembro em 24.841 pessoas em relação ao mês anterior, o maior incremento nesse mês desde 2012, alcançando um total de 3.789.823 pessoas sem trabalho.

O Ministério do Emprego e da Segurança Social de Espanha sublinha que, apesar do aumento em novembro, em relação a um ano antes, o número de desempregados diminuiu em 359.475 pessoas.

De acordo com o relatório mensal publicado por essa entidade, sem tomar em consideração os empregos ligados a atividades sazonais, o desemprego mensal aumentou em 14.543 pessoas.

Por outro lado, o número de pessoas inscritas nos serviços de Segurança Social espanhóis desceu em 32.832 em novembro, alcançando as 17.780.524 pessoas.

Em relação a um ano antes, há um aumento de 557.437 pessoas inscritas, mais 3,24 %,o maior aumento anual num mês de novembro desde 2005.

Se se eliminar as variações sazonais, há mais 22.603 pessoas inscritas.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35
  • Empate técnico a uma semana das eleições na Catalunha

    Mundo

    A sete dias das eleições regionais catalãs, várias sondagens publicadas hoje indicam que os partidos constitucionalistas estão à frente nas intenções de voto, mas os independentistas ganham em número de lugares, sem nenhum dos blocos ter maioria absoluta.