sicnot

Perfil

Economia

Novembro com maior número de anúncios de contratação pública desde janeiro de 2014

O mês de novembro registou o maior número de anúncios publicados em Diário da República desde janeiro de 2014 para a abertura de concursos de aquisição de bens, serviços e empreitadas, num total de 955, informou esta quinta-feira o IMPIC.

Segundo a síntese mensal da contratação pública do Instituto dos Mercados Públicos do Imobiliário e da Construção (IMPIC), os 955 anúncios totalizam 365 milhões de euros, dos quais 226 milhões de euros dizem respeito a contratos de bens e serviços (62%) e o restante a empreitadas de obras públicas.

Em novembro houve mais 182 anúncios de concursos do que no mês anterior, o que representa um acréscimo de 64 milhões de euros na despesa, e 185 anúncios na comparação com novembro de 2015, traduzindo uma subida de 95 milhões de euros.

A nota do IMPIC referiu ainda que em novembro foram publicados 9.775 contratos, totalizando 442 milhões de euros, tendo o procedimento mais utilizado sido o ajuste direto (87%), mas, do ponto de vista da despesa, o peso dos procedimentos concursais (195 milhões de euros) é idêntico ao dos ajustes diretos (190 milhões de euros).

Na comparação com outubro, em novembro foram publicados no portal BASE (Portal dos Contratos Públicos) mais 124 contratos, mas representando menos 36 milhões de euros, enquanto em termos homólogos foram publicados menos 2.130 contratos, significando menos 14 milhões euros na despesa contratada.

Comparando com novembro de 2015, foram celebrados menos contratos (11.897 contra 9.757), traduzindo uma diminuição de 15 milhões de euros.

A nível das obras públicas houve mais 64 contratos e mais 68 milhões de euros na despesa pública.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.