sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida descem depois da aproximação aos 4%

Os juros da dívida voltaram a descer em todos os prazos depois de na terça-feira os títulos a dez anos se terem aproximado da barreira psicológica dos 4%.

Na manhã desta quarta-feira os juros da dívida estavam a descer 3,86%, depois de nos últimos seis meses terem batido nos mínimos de 2,6%, registados em agosto.

A cinco anos, os juros negociavam esta quarta-feira acima dos 1,9%, ainda acima dos 1,89% registados terça-feira. A dois anos, os juros desceram aos 0,46%, mais 0,05% que na terça-feira e mais quatro décimas que os máximos negociados em junho de 2016.

Estes são valores que influenciam o que Portugal já paga em juros da dívida, mais de oito mil milhões de euros por ano e a taxas nos mínimos históricos definidas pelo BCE.

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. Esta madrugada em Cambrils, cinco suspeitos foram abatidos e outra pessoa acabou por morrer, num segundo ataque. Há quatro detenções confirmadas. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Autoridades acreditam que suspeito do ataque nas Ramblas pertence a célula terrorista
    1:36
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55
  • Ágata candidata-se à Câmara de Castanheira de Pera
    3:42