sicnot

Perfil

Economia

Sete hospitais fizeram contratos sem aval do Tribunal de Contas

Sete hospitais públicos celebraram 85 contratos no valor global de 100 milhões de euros, sem visto prévio do Tribunal de Contas. Os contratos remontam a 2013 e 2014.

No relatório da auditoria, o Tribunal de Contas admite que os presidentes das entidades em causa podem vir a ser multados.

Das sete unidades hospitalares auditadas, os destaques vão para o hospital Amadora-Sintra, com contratos de quase 35 milhões de euros, e para o hospital de Almada. No Garcia de Orta, os contratos sem visto prévio ultrapassam os 22 milhões de euros.

  • Hospitais tem três meses para adotarem novas regras para os internos
    1:53

    País

    A Ordem dos Médicos deu três meses aos hospitais para adoptarem novas regras para os internos. Regras que impõem limite de três fins de semana de oito, nem mais de 50 por cento de urgências noturnas para médicos em regime de internato. O bastonário, José Manuel Silva, diz que há hospitais a escalar internos para todos os fins de semana e avisa que quem não cumprir as novas regras vai ser alvo de processos disciplinares.

  • Marcelo condecora hoje Francisco Sá Carneiro a título póstumo
    0:55

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa vai condecorar hoje Francisco Sá Carneiro, a título póstumo. A cerimónia será incluída nas celebrações do 25 de Abril. Também a título póstumo, o Presidente da República vai ainda homenagear o antigo bispo do Porto D. António Ferreira Gomes. As condecorações têm lugar esta tarde no Palácio de Belém para onde já estava marcada a condecoração do arquiteto Siza Vieira. Todos, diz Marcelo, são figuras ligadas à liberdade e democracia.

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.