sicnot

Perfil

Economia

PCP vai propor revogação da descida da TSU

PCP vai propor revogação da descida da TSU

O PCP vai propor a revogação da descida da TSU por achar que a medida é injusta e que não pode ser utilIzada como moeda de troca para a subida do salário mínimo.

  • Marcelo defende que descida da TSU ajuda a economia
    1:01

    Economia

    O Presidente da República diz que promulgou rapidamente o diploma que dita a descida da TSU porque, depois do aumento do salário mínimo, faltava uma contrapartida para as empresas. Já esta tarde, Marcelo Rebelo de Sousa explicou as várias razões que o levaram a aceitar o documento.

  • Passos defendeu descida da TSU em 2011
    2:08

    TSU/PEC

    A alteração da TSU tem sido, nos últimos anos, um assunto polémico. O anterior Governo PSD-CDS/PP também tentou descer a Segurança Social para os patrões, o que motiva a acusação de falta de coerência a Passos Coelho.Nessa altura, acabou por provocar a primeira crise na coligação e trazer o país para a rua em protesto.

  • Marcelo promulga descida da TSU em 15 horas
    1:47

    Economia

    O Presidente da República promulgou esta manhã a descida da Taxa Social Única. Foi uma aprovação relâmpago, já que Marcelo Rebelo de Sousa só recebeu o decreto do Governo ontem à noite. Apesar da luz verde de Belém, a medida deverá ser discutida em breve no Parlamento, onde poderá ser chumbada.

  • Cristas e UGT não encontram "outra compensação" para descida da TSU
    1:32

    Economia

    Assunção Cristas reuniu-se esta manhã com o líder da UGT para discutir o decreto que visa a redução da TSU, já promulgado pelo Presidente da República. Apesar de em 2016 o CDS ter votado contra uma medida semelhante, a líder centrista ainda não revelou a posição do partido. Já Carlos Silva ficou mais sossegado após a reunião com Cristas e diz que "não conseguem encontrar outra compensação, não há milagres nestas coisas".

  • Partidos exigem explicações sobre transferências para offshores entre 2011 e 2014

    Economia

    O PS junta-se ao PCP, o Bloco de Esquerda e o PSD no pedido para a audição urgente do antigo e o atual secretário de Estado dos Assuntos Fiscais sobre a falta de controlo do Fisco às transferências de dinheiro para paraísos fiscais. Em causa está a transferência de 10 mil milhões de euros para offshores. O CSD é o único partido que ainda não se pronunciou.