sicnot

Perfil

Economia

Multinacional francesa investe 50 M€ e cria 250 empregos em Viana até 2021

Trabalhadores palestinianos numa fábrica localizada perto das colónias de Maale Adumim.

© Ronen Zvulun / Reuters

Uma multinacional francesa do setor automóvel vai investir até 2021 cerca de 50 milhões de euros e criar 250 empregos em Viana do Castelo onde a nova fábrica do grupo começará a laborar em junho do próximo ano.

Segundo o diretor geral da Steep Plastique, Eric Delachambre, a primeira das quatro fases de implementação do projeto industrial ronda os 10 milhões de euros e vai criar, a partir de junho de 2018, cerca de 50 postos de trabalho.

O responsável, que falava esta quarta-feira durante a apresentação do projeto e da assinatura, com a Câmara de Viana do Castelo, do contrato de investimento, revelou que a nova fábrica do grupo, a instalar no parque empresarial de Lanheses, terá uma área inicial de sete mil metros quadrados.

Em 2021, quando estiveram concluídas todas as fases do projeto, aquela unidade atingirá os 35 mil metros quadrados e empregará cerca de 250 trabalhadores, totalizando um investimento de 50 milhões de euros.

A multinacional, com 50 anos de existência e que em França emprega 450 trabalhadores, produz componentes em plástico para diversas marcas de automóveis e tem unidades em vários países como Eslováquia, Marrocos, Chipre, Turquia, entre outros.

Para o presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa adiantou que além do investimento hoje apresentado "há um conjunto de seis novos projetos industriais, não apenas no setor automóvel, que estão a negociar a instalação no concelho, contribuindo para a criação de emprego e de mais riqueza em Viana do Castelo".

O autarca socialista adiantou que, "nesta altura, encontram -se em laboração, no concelho, sete fábricas do setor automóvel".

Lusa

  • Conselho Europeu elege sedes de agências em novembro

    Mundo

    Os líderes da UE adotaram os critérios para a escolha das cidades que acolherão as sedes das agências europeias atualmente em Londres, uma das quais a do Medicamento, que Portugal quer receber, agendando a eleição para novembro.

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.