sicnot

Perfil

Economia

Retiradas de circulação em Portugal 7.757 notas falsas em 2016

© Thomas Hodel / Reuters

Quase 8.000 notas de euro contrafeitas foram retiradas de circulação em Portugal no ano passado, menos 9,7% do que em 2015, sendo a nota de 20 euros a mais contrafeita, informou esta sexta-feira o Banco de Portugal (BdP).

O regulador bancário informa que a nota de 20 euros "continua a ser a mais contrafeita", representando cerca de 50% das notas contrafeitas retiradas de circulação. No ano passado, foram apreendidas 3.876 notas de 20 euros contrafeitas, contra as 4.755 apreendidas em 2015.

Logo depois surgem as notas de 50, denominação em que foram apreendidas 2.699 contrafeitas, face às 2.406 durante o ano passado.

Numa nota, o Banco de Portugal considera que o número de contrafações apreendidas em Portugal "continua a ser residual", quando comparado com o total de notas em circulação.

De acordo com o comunicado do Banco Central Europeu (BCE), também divulgado na página do BdP, no segundo semestre do ano passado, foram retiradas de circulação 353.000 notas de euro contrafeitas, o que constitui um ligeiro aumento face ao primeiro semestre e 20,7% menos do que no segundo semestre de 2015.

As notas de 20 euros e 50 euros representaram cerca de 80% das contrafações, com a de 50 euros a liderar as contrafações.

A maioria (93,6%) das notas contrafeitas foi detetada em países da área do euro, sendo que cerca de 5,4% das notas foram apreendidas em Estados-Membros da União Europeia não pertencentes à área do euro e 1% foram detetadas em outras partes do mundo.

Todas as notas de euro podem ser verificadas através do método "tocar, observar e inclinar", lembra.

O BCE adianta ainda que a nova nota de 50 euros, que incorpora elementos de segurança inovadores, entrará em circulação em 04 de abril deste ano.

Lusa

  • Militares da GNR saem hoje à rua em protesto

    País

    A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) e a Associação Nacional de Sargentos da Guarda (ANSG) realizam esta quarta-feira uma ação de protesto em Lisboa devido "à falta de resposta" do Governo às principais reivindicações.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Marcelo termina hoje visita de Estado ao Luxemburgo

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, termina esta quarta-feira a visita de Estado de dois dias ao Luxemburgo com uma agenda dedicada a projetos em que estão envolvidos portugueses, além de um almoço com o primeiro-ministro luxemburguês.

  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.