sicnot

Perfil

Economia

Governador do Banco do Japão diz que G7 e G20 vão travar protecionismo de Trump

Haruhiko Kuroda, governador do Banco do Japão.

© Ruben Sprich / Reuters

O governador do Banco do Japão considerou hoje que, apesar da insegurança generalizada das posturas protecionistas do Presidente norte-americano, Donald Trump, as políticas que defendem o G7 e o G20 evitarão que estas tendências alastrem a nível mundial.

"Há uma preocupação de que as políticas protecionistas da administração Trump possam reduzir o volume de comércio internacional", afirmou Haruhiko Kuroda em conferência de imprensa.


"Contudo, não creio que esse protecionismo seja contagioso a larga escala, graças às políticas (defensoras do livre comércio internacional) que dominam no G7 e no G20", acrescentou.


Em termos financeiros, Kuroda sustentou que, "embora a política do novo Governo [Notes:de Trump] não seja ainda clara", são patentes os bons fundamentos sobre o que sustenta a economia norte-americana, assim como a recente subida dos rendimentos das obrigações do tesouro ou a alta que se vive em Wall Street.


Ainda assim, o governador do Banco do Japão assegurou que a entidade que dirige se manterá "vigilante" dada a "grande influência da política financeira dos Estados Unidos nos mercados globais".


Ao ser questionado sobre a recente proibição aprovada pela Casa Branca de conceder vistos de entrada aos cidadãos de sete países muçulmanos, Kuroda recusou pronunciar-se, dizendo apenas que tal assunto "não é da competência do Banco do Japão".

Lusa

  • Sismo registado esta manhã na região de Lisboa

    País

    Um sismo foi sentido esta manhã na região da Grande Lisboa. O abalo foi registado às 7h44, com epicentro em Sobral de Monte Agraço e magnitude de 4.3, informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

    Em atualização

  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.