sicnot

Perfil

Economia

Refrigerantes, bebidas açucaradas e tabaco sobem de preço a partir de hoje

Neste período, a faturação do maior fabricante de refrigerantes do mundo, que conta com marcas como Sprite e Fanta, subiu 4%, para os 11.455 milhões de dólares (Reuters/Arquivo)

Os refrigerantes e o tabaco vão subir de preço a partir desta quarta-feira. No caso das bebidas, vão passar a ser taxadas consoante a quantidade de açúcar. Segundo as empresas do setor, esta medida pode ameaçar a sustentabilidade da indústria nacional dado o diferencial fiscal com Espanha.

Com o Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), e pela primeira vez, as bebidas com teor de açúcar até 80 gramas por litro serão taxadas a 8,22 euros por hectolitro (100 litros) e as bebidas com teor de açúcar acima dessa quantidade serão taxadas a 16,46 euros por 100 litros.

Assim, uma garrafa de refrigerante de um litro e meio, por exemplo, vai ficar 15 cêntimos mais cara se tiver um teor de açúcar de até 80 gramas por litro. Se o teor for superior a 80, são mais 30 cêntimos.

No OE2017, o Governo alargou o âmbito do IABA, imposto que até este ano incidia apenas sobre as bebidas alcoólicas, incluindo as bebidas açucaradas e estimando arrecadar 80 milhões de euros, uma receita que será consignada ao Serviço Nacional de Saúde (SNS)

O preço dos maços de tabaco também aumenta. Em média, a subida será entre cinco e 10 cêntimos. Apesar dos aumentos dos últimos anos e das campanhas sobre os malefícios do vício, as vendas continuam a aumentar.

Com Lusa

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.