sicnot

Perfil

Economia

60 mil trabalhadores precários podem entrar para os quadros do Estado

Arquivo SIC

Até 2019, o Governo vai integrar até 60 mil trabalhadores com vínculo precário nos quadros do Estado. A garantia foi dada pelo ministro das Finanças no Parlamento, mas a forma de vinculação dos trabalhadores está a dividir o Governo.

Mário Centeno defende que a integração deve ser feita através de concurso público, enquanto outros membros do Executivo preferem ver o Tribunal Arbitral pronunciar-se.

O Governo reúne-se esta quinta-feira com o PCP e o Bloco de Esquerda para discutir uma solução.

No total, o Estado mantém 100 mil trabalhadores com vínculos precários e é quase certo que tarefeiros, trabalhadores com contratos de emprego de inserção e avençados ficam de fora do projeto.

  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.