sicnot

Perfil

Economia

Estimativa mostra que taxa de desemprego no final de 2016 ficou entre 11% e 11,1%

A taxa de desemprego em 2016 em Portugal deverá ter ficado entre os 11 e os 11,1%, ligeiramente abaixo da estimativa do Governo, que é de 11,2%.

O Instituto Nacional de Estatística divulga na quarta-feira as Estatísticas do Emprego relativas ao quarto trimestre, incluindo a taxa anual apurada para 2016, depois de em 2015 a taxa de desemprego se ter situado nos 12,4%. O Governo estima que a taxa de desemprego deste ano baixe para os 10,4%.

Os melhores índices fizeram com que o Estado poupasse 1200 milhões de euros em 2016, com a redução de beneficiários do subsídio de desemprego.

No ano passado, o valor alocado ao pagamento da prestação a desempregados ficou em um 1,5 milhões de euros, menos 45% que em 2013, o pico da crise do desemprego.

O número de desempregados inscritos no IEFP também diminuiu entre 2013 e 2016, bem como os beneficiários do subsídio, que contou com uma diminuição de 41,5%.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.