sicnot

Perfil

Economia

SNS fecha ano com saldo negativo mas reduz prejuízo em 172 milhões de euros

Francisco Seco

O saldo do Serviço Nacional de Saúde melhorou em 172 milhões de euros em 2016 face ao ano de 2015. De acordo com a Execução Orçamental, no fecho do ano registou-se um défice de 199 milhões, quando no mesmo período em 2015 se tinha registado um défice de 371 milhões.

O Diário de Notícias diz que segundo a Execução Orçamental, a variação positiva da receita registada em dezembro em relação ao mês anterior, resultou de transferências vindas do Orçamento do Estado, a que se somam as receitas das vendas de bens e serviços correntes.

Do lado da despesa, o aumento deveu-se a custos com a reposição de vencimentos e mais profissionais no serviço nacional de saúde.

  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho