sicnot

Perfil

Economia

Secretário-geral da OCDE diz que é hora do Governo "passar do diagnóstico à ação"

Secretário-geral da OCDE diz que é hora do Governo "passar do diagnóstico à ação"

A OCDE avisa que o desemprego em Portugal vai continuar pelo menos nos 10 por cento nos próximos anos. Perante vários ministros do Governo português, o secretário-geral da OCDE repetiu algumas das críticas do relatório e disse que é tempo do Executivo passar das palavras à acção.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico revelou esta manhã em Lisboa um relatório sobre a evolução da economia nacional e antecipou que a redução do desemprego vai começar a ser mais lenta do que nos últimos dois anos e que a falta de emprego vai continuar a ser das maiores da União Europeia, com um mercado de trabalho ainda pouco flexível.

A organização diz que a reforma do sistema de pensões veio penalizar os actuais e os futuros pensionistas e vê com preocupação a queda do investimento, que está agora 30 por cento abaixo do que era feito em 2005.

A OCDE antecipa que o investimento deve continuar baixo e a travar uma maior recuperação da economia. O PIB deve crescer 1,2 por cento este ano, três décimas a menos do que o previsto pelo Governo.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.