sicnot

Perfil

Economia

EDP vai recorrer da multa de 900 mil € aplicada em Espanha

A EDP Energia vai recorrer da multa de 900 mil euros aplicada em Espanha. Para a operadora, a decisão é injusta uma vez que o contrato do cliente empresarial em causa não permitia a rescisão antecipada.

Mas para a Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência espanhola a medida justifica-se por a EDP Energia não ter cumprido as medidas de proteção ao consumidor, que diz ter sido penalizado em dois mil e 400 euros, após ter mudado da EDP Energia para outra empresa comercializadora.

Além da coima, a elétrica foi ainda obrigada a mudar duas cláusulas dos contratos em baixa tensão, que prevê precisamente a rescisão do contrato por parte do cliente.

A empresa tem agora dois meses para recorrer desta decisão junto do tribunal Audiência Nacional.