sicnot

Perfil

Economia

Moody's preocupada com "dependência do Governo dos partidos de esquerda"

(Reuters/Arquivo)

A agência Moody's considera que é preocupante o Governo português estar demasiado dependente dos partidos de esquerda, que não têm como prioridade a contenção das contas públicas.

Numa apresentação em Lisboa sobre os riscos da economia nacional, a Moody's diz que já se nota uma ligeira redução do empenho do Governo no equilíbrio orçamental, uma vez que os partidos que suportam o governo preferem uma política mais expansionista.

Outro dos principais riscos apontados pla agência é a situação da banca portuguesa, com o crédito malparado, ou seja, os créditos que os bancos não conseguem cobrar no topo da lista.

A Moodys diz-se ainda preocupada com o fraco crescimento económico e com o aumento da dívida pública, que o Governo consegue estabilizar.

A Moody's mantém Portugal no nível Lixo e não tem dado sinais de que irá melhorar a nota do país.

  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.