sicnot

Perfil

Economia

Insolvências de empresas continuam a descer em janeiro

Menos de 300 empresas iniciaram processos de insolvência em janeiro deste ano, uma diminuição de 16 por cento face ao mesmo período do ano passado, segundo divulgou hoje a Informa D&B no barómetro mensal.

Segundo o barómetro, foram criadas 4.298 empresas e outras organizações em janeiro, mais 2,1% do que no mesmo mês de 2016.

No primeiro mês deste ano, foram 1.280 as empresas que fecharam, menos 4,8% do que em janeiro do ano passado, "mantendo a tendência dos últimos meses de 2016".

Em janeiro, foi no setor dos serviços que mais empresas encerraram (346, menos 4,4% do que no mesmo mês de 2016), mas também que abriram (1.492, mais 13,2% do que no mesmo período).

Por sua vez, o setor que mais cresceu em novas empresas foi o das atividades imobiliárias, com 144 nascimentos (+37,1% do que em janeiro de 2016).

Nos últimos 12 meses, o rácio nascimentos/encerramentos foi de 2,3; já os setores com maior rácio nascimentos/encerramentos foram o das atividades imobiliárias (4,6) e o da agricultura, pecuária, pesca e caça (3,9).

Numa análise regional, os dois maiores distritos em número de empresas (Lisboa e Porto) "mantêm tendências distintas" face ao período homólogo: nasceram mais 12,1% empresas e outras organizações em Lisboa (mais 149) e o Porto tem menos 3,1% nascimentos (-24 empresas).

"Após um primeiro semestre de 2016 com algumas melhorias, em janeiro de 2017 apenas 17,5% das empresas pagam dentro dos prazos, mantendo-se nos níveis verificados no último semestre", conclui a Informa D&B.

Lusa


  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.