sicnot

Perfil

Economia

Insolvências de empresas continuam a descer em janeiro

Menos de 300 empresas iniciaram processos de insolvência em janeiro deste ano, uma diminuição de 16 por cento face ao mesmo período do ano passado, segundo divulgou hoje a Informa D&B no barómetro mensal.

Segundo o barómetro, foram criadas 4.298 empresas e outras organizações em janeiro, mais 2,1% do que no mesmo mês de 2016.

No primeiro mês deste ano, foram 1.280 as empresas que fecharam, menos 4,8% do que em janeiro do ano passado, "mantendo a tendência dos últimos meses de 2016".

Em janeiro, foi no setor dos serviços que mais empresas encerraram (346, menos 4,4% do que no mesmo mês de 2016), mas também que abriram (1.492, mais 13,2% do que no mesmo período).

Por sua vez, o setor que mais cresceu em novas empresas foi o das atividades imobiliárias, com 144 nascimentos (+37,1% do que em janeiro de 2016).

Nos últimos 12 meses, o rácio nascimentos/encerramentos foi de 2,3; já os setores com maior rácio nascimentos/encerramentos foram o das atividades imobiliárias (4,6) e o da agricultura, pecuária, pesca e caça (3,9).

Numa análise regional, os dois maiores distritos em número de empresas (Lisboa e Porto) "mantêm tendências distintas" face ao período homólogo: nasceram mais 12,1% empresas e outras organizações em Lisboa (mais 149) e o Porto tem menos 3,1% nascimentos (-24 empresas).

"Após um primeiro semestre de 2016 com algumas melhorias, em janeiro de 2017 apenas 17,5% das empresas pagam dentro dos prazos, mantendo-se nos níveis verificados no último semestre", conclui a Informa D&B.

Lusa


  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho