sicnot

Perfil

Economia

BPI cai quase 10% para 0,947 euros e Bolsa de Lisboa negoceia no vermelho

© Rafael Marchante / Reuters

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, estava esta quinta-feira em baixa, com o BPI e o BCP a liderarem as perdas, a descerem 9,81% para 0,947 euros e 5,07% para 0,1386 euros.

Cerca das 09:10 em Lisboa, o PSI20 estava a descer 0,75% para 4.527,54 pontos, com 10 "papéis" a desvalorizarem-se, sete a subirem e um inalterado.

No último dia no PSI20, as ações do BPI estão a negociar em mínimos de 12 meses e as do BCP estão a perder terreno, na sessão em que as novas ações do banco liderado por Nuno Amado começaram a ser negociadas, depois de um aumento de capital de 1,33 mil milhões de euros, que foi totalmente subscrito.

"A Euronext comunica que, na sequência dos resultados alcançados na Oferta Pública de Aquisição do CaixaBank sobre o BPI, e face à informação disponível à data, foi decidida a exclusão das ações do Banco BPI do índice PSI 20", anunciou.

Na sequência da OPA lançada já em 2016 pelo CaixaBank, foi conhecido na quarta-feira que o grupo financeiro catalão passou a deter 84,5% dos direitos de voto do banco BPI, num investimento total de 644,5 milhões de euros.

De fora ficou cerca de 15% do capital, cujos acionistas não aceitaram a proposta do grupo bancário espanhol por 1,134 euros por ação, percentagem que inclui a seguradora Allianz, que manteve uma posição (detinha cerca de 8%) tendo em conta o acordo que tem com o BPI para a colocação dos seus produtos.

Com a grande maioria do capital social do BPI controlado pelo grupo espanhol, há agora o risco de os acionistas que não venderam capital na OPA, nomeadamente os pequenos investidores, assistirem a uma desvalorização dos seus títulos em bolsa, uma vez que a dispersão do capital do banco em mercado fica reduzida e os títulos ficam com pouca liquidez, diminuindo o seu valor.

O líder do Caixabank, Gonzalo Cortázar, disse que tem a "intenção de manter o banco cotado" em bolsa, pelo menos para já.

Em sentido contrário, os "papéis" da Pharol e da Sonae Capital eram os que mais avançavam, estando a subir 5,60% para 0,358 euros e 1,31% para 0,694 euros.

Na Europa, as principais bolsas estavam hoje de manhã em alta, à espera de uma nova ronda de apresentação de resultados de diversas empresas, como os banco Société Générale e da petrolífera Total em França, ou os do Commerzbank, segundo maior banco da Alemanha e parcialmente nacionalizado.

Os investidores também vão estar atentos à reunião entre a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi.

Na Alemanha, vão ser conhecidos hoje os dados das exportações em dezembro.

Nos Estados Unidos vão ser publicados hoje os resultados da Twitter e da Coca-Cola, enquanto o porta-voz do Fundo Monetário Internacional (FMI), Gerry Rice, participará na habitual conferência de imprensa quinzenal sobre a atualidade do organismo.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou em baixa na quarta-feira, com o Dow Jones a cair 0,18% para 20.054,34 pontos, depois de ter subido até aos 20.100,91 pontos em 26 de janeiro, um máximo desde que foi criado em 1896.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a descer para 1,0674 dólares, contra 1,0703 na quarta-feira.
O barril de petróleo Brent, para entrega em abril, abriu hoje em alta, a cotar-se a 55,40 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,50% do que no encerramento da sessão anterior.

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

    SIC

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mas do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.