sicnot

Perfil

Economia

Iberdrola assina hoje projeto de construção do Sistema Eletroprodutor do Tâmega

Andres Kudacki

A Iberdrola apresenta esta quinta-feira o Sistema Eletroprodutor do Tâmega. Este é um investimento de 1.500 milhões de Euros que contempla a construção de três barragens: Daivões, Gouvães e Alto Tâmega.

A Iberdrola é uma empresa espanhola de produção de energia através de fontes renováveis e o lançamento deste projeto remonta a 2008, quando a empresa "entregou" 303 milhões de euros ao Governo de Sócrates.

O plano inicial era construir no Tâmega um complexo hidroelétrico com quatro centrais: Gouvães, Alto Tâmega, Daivões e Padroselos. A última acabou por ser retirada do projeto por questões ambientais.

Em 2014, a Iberdrola firmou o contrato de concessão, mas só agora o projeto começa a sair do papel. Esta quinta-feira a Iberdrola assina formalmente o arranque das construções para as barragens, que ficarão na sua "mão" durante 70 anos.

O projeto inclui a construção de duas cavernas onde serão colocados quatro geradores de 220 kilowatts cada e vários transformadores.

A empresa espera que este projeto crie no norte de Portugal mais de 13 mil empregos, diretos e indiretos, sublinhando que se trata do maior projeto industrial no setor elétrico português.

  • Barragens da Iberdrola são "uma fraude", denuncia Joanaz de Melo
    0:48

    Opinião

    O professor de Engenharia do Ambiente, Joanaz de Melo, diz que a construção de três barragens pelos espanhóis da Iberdrola no norte do país "é uma fraude" que vai encarecer a fatura da luz entre 2% a 3%. Segundo o presidente do Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente (GEOTA), o empreendimento é irrelevante na produção de energia elétrica e vai afectar a economia local do Tâmega.

  • "Há alternativas muitíssimos melhores"
    6:30

    Edição da Manhã

    A Iberdrola apresenta hoje o Sistema Eletroprodutor do Tâmega, um investimento de 1.500 milhões de Euros que contempla a construção de três barragens: Daivões, Gouvães e Alto Tâmega. Joanaz de Melo, do GEOTA, esteve na Edição da Manhã de hoje para falar sobre o projeto.

  • Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

    País

    Mais de meia centena de concelhos de dez distritos do país estão hoje em risco 'máximo' de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com o IPMA, estão sob este aviso 51 concelhos dos distritos de Castelo Branco, Faro, Portalegre, Santarém, Coimbra, Leiria, Guarda, Vila Real, Viseu e Bragança.

  • "Ao contrário do que diz a direita, o futuro dos jovens é aqui"
    0:52

    Economia

    António Costa atacou esta sexta-feira à noite a direita com o aumento do emprego jovem. Perante vários jovens no acampamento nacional da Juventude Socialista, o secretário-geral do PS dirigiu-se ainda aos partidos de direita para garantir que o aumento do salário mínimo está a criar mais emprego com maior qualidade.

  • Uma viagem aérea por Pegões
    1:00
    Visão de Portugal

    Visão de Portugal

    DIARIAMENTE NO JORNAL DA NOITE

    O espaço Visão de Portugal, do Jornal da Noite da SIC, mostra o país através de imagens aéreas. A rubrica leva-nos esta sexta-feira a sobrevoar Pegões, no concelho de Tomar. 

  • Porto eleito pela terceira vez o melhor destino europeu 
    2:53

    País

    O Porto foi eleito o melhor destino europeu pela terceira vez e as distinções internacionais não param de chegar. Desta vez os elogios chegam através da norte-americana CNN. Os preços acessíveis, a gastronomia, a história e a arquitetura são os pontos da cidade que tem a rua com maior tráfego do país. 

  • Lisboa é o terceiro melhor destino de cruzeiros
    1:22

    País

    O Turismo em Lisboa tem registado um crescimento. A cultura, a arte e os preços baixos são os pontos fortes apontados pelos turistas. A capital é já considerada o terceiro melhor destino de cruzeiros. O novo terminal do porto de Lisboa e a ligação direta a Pequim deverão aumentar ainda mais o número de visitantes.

  • Ir ao Minho e a Sintra
    22:50
  • Líder da Palestina hospitalizado

    Mundo

    O Presidente palestiniano, Mahmud Abbas, de 82 anos, foi hospitalizado este sábado em Ramallah, na Cisjordânia, para se submeter a um "exame de rotina" durante algumas horas, anunciou um porta-voz.