sicnot

Perfil

Economia

Marcelo insiste que aumento do crescimento económico é "objetivo essencial"

JUAN CARLOS HIDALGO

O Presidente da República reiterou esta quinta-feira, em Madrid, que "um objetivo essencial" de Portugal nos próximos anos é "crescer mais", porque só assim será possível criar mais emprego, considerando taxas de 1,3 ou 1,4 % como "curtas".

"Há um problema. Portugal precisa de crescer mais e de criar mais emprego", disse Marcelo Rebelo de Sousa, num jantar oferecido pela Câmara do Comércio Hispano-Portuguesa, na capital espanhola, no qual estavam presentes uma centena de empresários dos dois países.

O Presidente português sublinhou que uma taxa de "crescimento de 1,3 % ou 1,4 % é curta" e insistiu que, mesmo no ano que em que se vive [2017] "uma taxa de crescimento de 1,7 % ou 1,8 % é importante", mas Portugal tem "de ir mais longe".

Segundo o Governo, o crescimento do PIB em 2016 foi superior a 1,2 % e em 2017, o Orçamento de Estado, aponta uma taxa de 1,5 %.
"O desafio é criar condições para o crescimento", insistiu Marcelo Rebelo de Sousa, acrescentando esperar que, no fim do seu mandato, em 09 de março de 2021, "o investimento privado, interno e externo tenha subido, que o crescimento tenha aumentado sustentadamente e que o emprego tenha também aumentado".

O Presidente reconheceu ainda "os méritos" do Governo anterior e do atual na descida do défice público e espera que no fim do seu mandato haja "um equilíbrio" nas contas do Estado.

O Presidente da República iniciou hoje uma deslocação de dois dias a Madrid, onde participa na sexta-feira num fórum da COTEC Europa para promover a transição para uma "Economia Circular".

No encontro da COTEC Europa também irão estar presentes os chefes de Estado de Espanha e de Itália e ainda empresários portugueses, espanhóis e italianos, além do comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas.

A COTEC Europa foi criada com o objetivo de "ajudar a suprimir as especificidades características das economias do Sul e que constituem barreiras à inovação".

Lusa

  • "É preciso ir mais longe" em matéria de emprego e crescimento
    1:44

    Economia

    O Presidente da República diz que a confirmação da taxa de desemprego é boa, mas defende que é preciso ir mais longe em matéria de crescimento e emprego. Marcelo Rebelo de Sousa almoçou esta quarta-feira com refugiados na Mouraria, onde defendeu que numa altura em que alguns constroem muros Portugal tem de abrir os braços.

  • Estratégia de baixar juros da dívida a 10 anos "tem dado resultado"
    1:13

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que ao contrário do que possa parecer, esta emissão de dívida pública correu bem porque o objectivo de baixar as taxas de juro para emissões a dez anos foi cumprido. Segundo o Presidente da República, o efeito da estratégia no mercado secundário foi imediato e essa será a leitura mais importante.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.