sicnot

Perfil

Economia

Tuk-tuks em protesto oferecem passeios gratuitos em Lisboa

A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) vai dinamizar no domingo, dia 19 de fevereiro, a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de 'tuk-tuk'.

O objetivo da iniciativa, que pretende ser "um protesto positivo", é "chamar a atenção da população para a problemática" do Regulamento Municipal de Circulação de Veículos Afetos à Atividade de Animação Turística, já criticado pela associação.

O coordenador do Departamento de Animação Turística com Veículos Motorizados da APECATE, João Tarrana, apontou à Lusa que os protestos "costumam parar o trânsito e provocar constrangimentos, mas neste caso os operadores pretendem oferecer algo à população, para que seja uma iniciativa vista de forma positiva".

"Queremos agradecer aos alfacinhas a hospitalidade que tem permitido aos 'tuk-tuk' serem parte importante da promoção e da nova dinâmica turística", refere a organização.Quanto à oferta que se pode esperar no domingo, o coordenador afirmou que já há "vários operadores envolvidos".

A iniciativa "Cá vai Lisboa" vai decorrer entre as 10:00 e as 17:00 nos Restauradores, Chiado (Rua Garret), Belém e alto do Parque Eduardo VII e os 'tuk-tuks' que aderirem estarão identificados com um autocolante cor de laranja no limpa para-brisas.

Em declarações à agência Lusa em janeiro, João Tarrana apontou que o "regulamento é preocupante, não pelo que ele diz mas pelo que ele não diz", considerando que faltam algumas especificações no documento.

"Estamos atentar que nos ouçam e ouçam os nossos problemas", continuou, precisando que o regulamento "deve ser suspenso e as pessoas devem sentar-se e falar".

Hoje, João Tarrana afirmou que a associação tem reunido com a Câmara Municipal de Lisboa e com algumas das forças políticas representadas na Assembleia Municipal, aguardando agora uma reunião com o presidente do executivo, Fernando Medina (PS).

Em meados de janeiro, arrancou o período de consulta pública ao Regulamento Municipal respeitante à Circulação de Veículos Afetos à Atividade de Animação Turística, que durará 30 dias úteis, até 22 de fevereiro.

Entre outras medidas, o documento estipula a obrigatoriedade de estas viaturas, entre as quais se encontram os 'tuk-tuk', serem elétricas, o que deverá acontecer a partir de meados do ano, segundo a estimativa da Câmara Municipal.

A 20 de novembro de 2015 entraram em vigor novas regras para veículos ligeiros, motociclos, quadriciclos, triciclos e ciclomotores de animação turística, entre os quais os minicarros 'tuk-tuk'.

Estas medidas resultaram de um despacho publicado em boletim municipal, a 29 de outubro de 2015, prevendo a criação de 116 lugares de paragem destes veículos, bem como a proibição de passar por algumas ruas das freguesias da Estrela, Misericórdia, Santo António, Santa Maria Maior e São Vicente, onde foi colocada sinalética.Além destas regras, foi também adotado um novo horário de circulação, entre as 09:00 e as 21:00.Entre outras medidas, a APECATE está a organizar um debate sobre o regulamento, que irá juntar "operadores, parceiros, condutores e vereadores".

  • "Estamos vivos"
    11:41

    Reportagem Especial

    Os incêndios de 15 de outubro provocaram sete milhões de euros de prejuízos em empresas da região Norte. Castelo de Paiva foi o concelho mais atingido, o fogo destruiu várias casas e empresas que davam trabalho a cerca de 200 pessoas. Um mês depois do incêndio, a Reportagem Especial da SIC foi ver o que está a ser feito para ajudar a população.

  • Administrador recebia 420 mil € por ano quando aldeamento passava dificuldades
    4:39

    Operação Marquês

    A Caixa Geral de Depósitos tentou cortar para metade o salário do presidente do Conselho de Administração de Vale do Lobo, mas não conseguiu. Diogo Gaspar Ferreira ganhava 420 mil euros por ano, quando o empreendimento estava enterrado em dívidas. A Autoridade Tributária estima também que o arguido da Operação Marquês não tenha declarado 400 mil euros pagos pelo aldeamento.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Político oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Peru faz aparição especial na Casa Branca
    1:10

    Mundo

    Os norte-americanos estão a preparar-se para o tradicional Dia de Ação de Graças, assinalado na próxima quinta-feira. O tradicional peru fez esta terça-feira uma aparição especial na sala de conferências de imprensa, na Casa Branca, em Washington. O peru é o prato tradicional no Dia de Ação de Graças, uma data de louvor a Deus, que remonta ao século XVII e que é celebrada na quarta quinta-feira de novembro, sobretudo nos Estados Unidos da América e no Canadá.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50