sicnot

Perfil

Economia

Ikea de Loulé abre a 30 de março e emprega 200 pessoas numa fase inicial

© Thomas Peter / Reuters

A loja Ikea de Loulé, a quinta do grupo sueco em Portugal e a primeira no Algarve, vai abrir no dia 30 de março e empregar 200 pessoas numa fase inicial, anunciou esta terça-feira o diretor da unidade.

Num encontro com jornalistas, Abdelhak Ayadi revelou que o número de colaboradores pode ascender a 250 no verão e disse acreditar que a loja algarvia atrairá clientes do sul de Espanha, que poderão optar por ir à loja de Loulé e não à de Sevilha, assim como de outros países, nomeadamente do Reino Unido.

A abertura da primeira loja no Algarve acontece após um processo que demorou vários anos, marcado por providências cautelares interpostas por associações empresariais algarvias e por atrasos relacionados com a localização da loja e posse dos terrenos onde foi construída, junto ao nó Loulé-Faro da A22.

A loja Ikea de Loulé integra-se num projeto do grupo sueco que inclui um centro comercial, com abertura prevista para o verão de 2017, e um "outlet", num investimento total de 200 milhões de euros.

Com aproximadamente 24 mil metros quadrados, distribuídos por dois pisos, a loja Ikea de Loulé pretende ter um relacionamento próximo com a comunidade local e preocupações ambientais, segundo o diretor.

Para a loja poder ser instalada naquele local, a Assembleia Municipal de Loulé aprovou, em 2013, o Plano de Urbanização Caliços-Esteval, que implicou a reclassificação daqueles terrenos, que antes integravam a Reserva Agrícola Nacional, para uso urbano.

A abertura da quinta loja da marca sueca em Portugal enquadra-se no plano de expansão do grupo Ikea, que prevê duplicar o número de lojas no país, para dez, até 2025.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.