sicnot

Perfil

Economia

PIB cresceu 1,4% em 2016

reuters

A economia portuguesa cresceu mais no ano passado do que o previsto pelo Governo e por Bruxelas.

Última atualização às 11:05

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, o PIB aumentou 1,4%, ainda assim menos 0,2 pontos percentuais que o verificado no ano anterior.

A estimativa rápida do INE conclui que, considerando o conjunto de 2016, "o contributo da procura interna para a variação do PIB diminuiu, refletindo a redução do investimento e, em menor grau, a desaceleração do consumo privado".

A procura externa líquida, por sua vez, apresentou um contributo "significativamente menos negativo que em 2015", acrescentou.

O INE informou ainda que no quatro trimestre do ano passado, o PIB registou, em termos homólogos, um aumento de 1,9% em volume. "Esta aceleração do PIB resultou do aumento do contributo da procura interna, observando-se uma recuperação do Investimento e um crescimento mais intenso do consumo privado".

O contributo da procura externa líquida foi negativo, contrariamente ao observado no trimestre anterior, "refletindo a aceleração mais acentuada das importações de bens e serviços em volume que a das exportações de bens e serviços", acrescenta.

Na segunda-feira, a Comissão Europeia reviu em alta a estimativa de crescimento do PIB português, prevendo que tenha subido 1,3%, um valor semelhante à média de previsões de analistas contactados pela agência Lusa, acima da previsão de 1,2% estimada pelo Governo no Orçamento do Estado para 2017 (em outubro).

A Comissão Europeia justificou a melhoria da previsão devido a um "forte desempenho na segunda metade do ano, particularmente no turismo", e no consumo privado, apesar da contração no investimento.

Com Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras