sicnot

Perfil

Economia

Fernando Pinto reconhece que TAP cresceu após privatização

Fernando Pinto reconhece que TAP cresceu após privatização

O presidente-executivo da TAP admitiu esta terça-feira querer ficar na empresa, mesmo com as mudanças na administração. Fernando Pinto lembrou também que a TAP tem crescido e desenvolvido, sobretudo depois da privatização, que permitiu uma injeção de capital e uma renovação da frota.

Na cerimónia de celebração dos 72 anos da TAP, Fernando Pinto admitiu ainda que o nome de Miguel Frasquilho como futuro "chairman" da transportadora ainda não é oficial, mas referiu que o respeita muito.

A TAP assinalou esta terça-feira o aniversário com o batismo dos aviões da TAP Express, com nomes dos distritos portugueses. A companhia aérea quer assim promover o país e afirmou que serão servidos nos voos produtos típicos nacionais.

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.