sicnot

Perfil

Economia

Seis ligações entre Lisboa e Berlim canceladas devido à greve do pessoal de terra

© Hannibal Hanschke / Reuters

Seis ligações entre o aeroporto de Lisboa e os dois aeroportos de Berlim, Tegel e Schönefeld, foram canceladas esta terça-feira devido ao terceiro dia de greve do pessoal de terra daqueles aeroportos alemães, disse à agência Lusa fonte oficial da ANA.

De acordo com a fonte da ANA - Aeroportos de Portugal, o protesto não afetou qualquer voo com destino ou origem no aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto.Segundo a ANA, a greve do pessoal de terra no aeroporto de Schönefeld levou ao cancelamento da chegada a Lisboa de um avião da companhia easyJet, que estava prevista para as 17:45, pelo que a posterior partida da aeronave para aquele aeroporto alemão, às 18:15, também não se realizará.

O protesto afetou ainda quatro ligações (duas partidas e duas chegadas) da companhia portuguesa TAP entre Lisboa e Tegel: as duas partidas do aeroporto português estavam previstas para as 02:30 e as 18:00 desta terça-feira e as duas chegadas para as 08:35 e 09:35.

Pelo menos 600 voos com saída ou chegada aos dois aeroportos de Berlim tiveram de ser cancelados esta terça-feira devido ao terceiro dia de greve do pessoal de terra, informou a empresa gestora daquelas infraestruturas.

No aeroporto de Tegel foram cancelados 460 voos e em Schönefeld 143, precisou um porta-voz da empresa gestora, citado pela imprensa local, ressalvando que pode haver mais cancelamentos ao longo do dia.

O porta-voz não pode indicar se, tal como na segunda-feira, alguns dos voos serão desviados para aeroportos próximos.

A empresa gestora recomenda aos passageiros que contactem as respetivas companhias aéreas para saberem do estado dos voos. O sindicato decidiu prolongar a greve até quarta-feira - quando estava previsto terminar hoje - depois de no fim de semana não ter recebido qualquer oferta da empresa na negociação de um novo contrato coletivo. A principal reivindicação dos funcionários é um aumento de um euro por hora para contratos de 12 meses, uma proposta acima da oferta da direção dos aeroportos de Berlim.

Lusa

  • Greve nos aeroportos de Berlim
    1:27

    Economia

    A paralisação dos assistentes de terra foi prolongada até quarta-feira. Os dois mil funcionários exigem um aumento salarial de 12 euros por hora de trabalho. Só hoje já foram canceladas 660 partidas dos dois aeroportos de Berlim. Há dezenas de milhares de passageiros afectados que não sabem quando vão regressar a casa e queixam-se da falta de informação. Esta é a terceira paralisação desde o início do mês de fevereiro.

  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC