sicnot

Perfil

Economia

Valorização dos preços das casas desacelera no final de 2016

(REUTERS/ ARQUIVO)

O preço das casas em Portugal Continental subiu no final de 2016, ao registar-se uma valorização homóloga de 5,6% em dezembro, segundo o índice de preços residenciais da Confidencial Imobiliário.

No entanto, a taxa de variação homóloga do índice no 4.º trimestre de 2016 é de 6,4%, o que representa um abrandamento face ao ritmo de crescimento dos preços registado no 3.º trimestre, quando os preços tiveram um aumento homólogo de 7,5%, ou seja o mais elevado dos últimos 15 anos.

Ricardo Guimarães, diretor da Confidencial Imobiliário, notou que estas percentagens são calculadas com base em vendas efetivas, pelo que "resultados mostram que o crescimento dos preços se mantém robusto, sendo uma tendência já consolidada".

"Os preços sobem de forma quase ininterrupta há 18 meses, refletindo o aumento da procura", indicou o responsável, em comunicado, referindo que os operadores do mercado estimam "em torno dos 4% a valorização média anual dos preços das casas em Portugal".

A Confidencial Imobiliário fornece dados estatísticos sobre preços de transação e contratos de arrendamento de imóveis residenciaisaos bancos.

Lusa

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.