sicnot

Perfil

Economia

Banco suíço UBS vai ser julgado em França por evasão fiscal

O UBS vai ser julgado em França por ter convencido grandes fortunas daquele país a abrir contas na Suíça com o objetivo de evadir impostos aos cofres franceses, confirmaram esta segunda-feira fontes da investigação, citadas pela Efe.

Os juízes de instrução decidiram levar a entidade helvética a julgamento com base nas acusações do Ministério Público.

Um porta-voz do banco sublinhou que o julgamento permitirá ao banco "responder de forma detalhada às acusações". O UBS sublinhou que rejeita as acusações de que é alvo, tanto no que se refere às alegações do Ministério Público como à classificação jurídica dos delitos que lhe são imputados.

O banco "continuará a defender com firmeza a sua posição e mostrará os seus argumentos no Tribunal", adiantou. Segundo a acusação, a atuação do UBS permitiu que 10.000 milhões de euros saíssem de França através da filial naquele país entre 2004 e 2011 para contas na Suíça, evitando assim que fossem tributados no país de origem.

O banco helvético convencia clientes com grandes fortunas a passarem as contas para o outro lado dos Alpes, onde a pressão fiscal é menor, referem. A justiça francesa tinha imposto uma fiança recorde de 1.100 milhões de euros ao banco.

O Tribunal dos Direitos Humanos de Estrasburgo recusou em janeiro passado um recurso do UBS contra o pagamento da fiança. Segundo o Código Penal francês, a multa por evasão fiscal pode chegar até metade do dinheiro branqueado.

Lusa

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.