sicnot

Perfil

Economia

Número de beneficiários de prestações de desemprego cai 15,8% em março

A Segurança Social pagou em março deste ano prestações de desemprego a 211.258 beneficiários, menos 6.924 beneficiários (3,2%) do que em fevereiro e menos 39.758 (15,8%) face a março de 2016, foi esta quinta-feira divulgado.

De acordo com dados estatísticos disponibilizados na página da Segurança Social na internet, no terceiro mês deste ano foram processadas 211.258 prestações de desemprego, quando em fevereiro tinham sido processadas 218.182.

As prestações de desemprego incluem o subsídio de desemprego, o subsídio social de desemprego inicial e o subsequente, o prolongamento do subsídio social de desemprego e a medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração.

Em março, receberam o subsídio de desemprego 165.106 beneficiários, o que corresponde a menos 3,4% do que no mês anterior e menos 15,3% face a março de 2016.

O subsídio social de desemprego inicial beneficiou 11.012 desempregados, o que equivale a menos 5%, um decréscimo de 581 desempregados, em relação a fevereiro.

O subsídio social de desemprego subsequente foi pago a 32.117 desempregados, o que corresponde a uma diminuição de 1,5%, menos 492 beneficiários, comparativamente a fevereiro.

Em março, a medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração beneficiou 2.983 pessoas, menos 54 pessoas do que em fevereiro.

O prolongamento do subsídio social de desemprego foi pago a 40 pessoas em março, o que corresponde a menos oito beneficiários do que em fevereiro.

O valor médio mensal processado relativo às prestações de desemprego de março de 2017 foi de 459,48 euros.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.