sicnot

Perfil

Economia

População de Almeida admite fechar conta na CGD e recorrer a outro banco

População de Almeida admite fechar conta na CGD e recorrer a outro banco

A administração da CGD confirmou ontem o encerramento da agência de Almeida e a passagem das contas bancárias para Vilar Formoso, a 16 quilómetros da sede do concelho. Ontem, dezenas de populares ocuparam pela segunda vez a agência como forma de protesto. Em Lisboa, foi cancelada a reunião entre autarcas e Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa, que exigia a retirada dos populares que ocupavam a agência bancária como condição de conversações.Para amanhã está marcado novo protesto na agência da CGD em Vilar Formoso.

  • "O país assistiu a um ato que empobrece a democracia"
    1:08

    País

    O presidente dos autarcas do PSD exige que a administração da Caixa peça desculpa ao presidente da Câmara de Almeida. Álvaro Amado diz que o país assistiu a um ato que empobrece a democracia e lembra que os autarcas são eleitos pelo povo e não dão ordens à população para desmobilizar.

  • População de Almeida indignada com fecho de balcão da CGD
    2:38

    Caso CGD

    A agência da Caixa Geral de Depósitos de Almeida vai mesmo fechar. O banco público confirmou que, para já, a população vai ser servida pela agência de Vilar Formoso e que no futuro será instalado um ponto de apoio da 'Caixa' na Câmara Municipal ou na Junta de Freguesia. Esta terça-feira à tarde, a liderança do banco não quis receber o Presidente da Câmara de Almeida porque não foi desmobilizada a ocupação popular em frente à agência.

  • Clientes da CGD de Almeida admitem recorrer a outro banco
    1:57

    País

    Horas depois do protesto em Almeida, a população não disfarça a revolta e desilusão com o encerramento da agência da Caixa Geral de Depósitos. Os mais idosos admitem o fecho da conta na CGD e pensam em recorrer a outro banco que está no centro da aldeia histórica.

  • Autarca de Almeida não se reuniu com administração da CGD
    0:40

    Caso CGD

    O presidente da Câmara Municipal de Almeida não foi recebido pelo Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos como estava previsto. Segundo António Baptista, foi-lhe exigido que desmobilizasse uma manifestação no balcão de Almeida, da qual não conhecia, para que fosse recebido.

  • Moção de censura "dá voz à indignação de muitos portugueses"
    1:13

    País

    O CDS entregou, no gabinete do presidente da Assembleia da República, a moção de censura ao Governo. O deputado Nuno Magalhães diz que o documento é a voz de todos os portugueses que ficaram indignados com a falência dos serviços do Estado nos incêndios e acrescenta ainda que cabe agora aos partidos da esquerda avaliarem se houve falhas e se foram graves o suficiente para censurarem o Governo.

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.