sicnot

Perfil

Economia

"A discussão da dívida não é totalmente pacífica"

"A discussão da dívida não é totalmente pacífica"

O Comissário Europeu para os Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que a questão do alívio da dívida é delicada, mas escusou-se a comentar a proposta do PS e do Bloco de Esquerda para prolongar os prazos de pagamento e reduzir os juros, quando foi questionado por Nuno Melo, eurodeputado do CDS-PP. No Parlamento Europeu, em Bruxelas, disse ainda esperar que Portugal possa sair rapidamente do Procedimento por Défice Excessivo. A decisão deverá ser tomada este mês.

  • Aumento da dívida pública pelo terceiro mês consecutivo é "preocupante"
    1:18

    Economia

    Maria Luís Albuquerque diz que o aumento da dívida pública portuguesa pelo terceiro mês consecutivo é preocupante e é mais um indicativo de que as políticas do Governo não estão a resolver os problemas estruturais do país. A ex-ministra das Finanças, que participou na semana de Economia da Universidade da Beira Interior, comentava assim os dados do Banco de Portugal que esta segunda-feira deram conta do aumento da dívida pública.

  • Passos acusa PS e BE de quererem "rapar o fundo ao tacho"
    1:41

    Economia

    Pedro Passos Coelho acusou ontem o PS e o Bloco de Esquerda de quererem "rapar o fundo ao tacho" com a proposta de recorrer às reservas do Banco de Portugal para pagar a dívida pública. O líder do PSD sublinhou ainda que as propostas são o oposto do que foi feito pelo anterior Governo.

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57